Registro de Imóveis em Curimatá – PI

Publicidade:
Rate this post

Se você vai vender, comprar ou herdar um imóvel, você deve oficializar essa aquisição ou transferência em um cartório, pois só assim você pode se tornar o proprietário oficial ou nomear um novo dono. Saiba agora como realizar um Registro de Imóveis em Curimatá – PI.

Lembrando sempre que as transações imobiliárias devem ser tratadas sempre com muita atenção por todas as partes envolvidas, respeitando as normas e leis, para evitar maiores complicações nos processos burocráticos e judiciais.

Registro de Imóveis em Curimatá - PI

Porque devo registrar meu imóvel?

Somente depois do imóvel registrado em um cartório de Registro de Imóveis em Curimatá – PI, que ele passa a ser oficialmente propriedade, com todas as competências legais, do individuo mencionado no documento.

Publicidade:

Não registrar um imóvel pode oferecer muitos riscos para todas as partes envolvidas em uma negociação imobiliária. O novo proprietário pode acabar assumindo dívidas, entre outras irregularidades do antigo dono, aumentando as chances da propriedade ser penhorada. Ou ainda o risco da venda do mesmo imóvel para diferentes pessoas, já que o imóvel não foi registrado pelo novo dono. Afinal apenas o registro pode afirmar quem é o atual e absoluto proprietário.

É no Registro de Imóveis também serve para registrar e salvar todo o histórico do imóvel, antigos e atual proprietário, restrições, irregularidades, processos, entre outras atribuições técnicas.

Escritura Pública de Compra e Venda

Para fazer o Registro de Imóveis em Curimatá – PI você deve primeiramente formalizar as intenções da negociação em um Cartório de Ofícios de Notas por meio de uma Escritura Pública de Compra e Venda. As duas partes devem comparecer com os seguintes documentos em posse:

  • Nome Completo
  • RG e CPF
  • Estado Civil
  • Profissão
  • Residência

Quanto custa para fazer um Registro de Imóveis em Curimatá – PI?

Não existe um valor definido e tabelado para todos os registros. Os custos podem variar a partir de uma série de fatores, desde o tipo do imóvel e seu valor total, os impostos atribuídos e emolumentos de cartório (que são diferentes em cada cidade).

Saiba quais são os impostos que devem ser pagos:

  • ITBI (Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis) – Imposto municipal e pode variar dependendo da legislação do local do imóvel. Saiba mais.
  • ITCMD (Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação) -Imposto estadual e pode variar de acordo com a legislação do Estado que se encontra o imóvel. Saiba mais.

Registro de Imóveis - Documentos

Registro de Imóveis em Curimatá – PI – Certidões

Antes de finalizar qualquer negócio imobiliário recomendamos a solicitação de algumas certidões que podem te ajudar a verificar as condições judiciais e histórico do imóvel. Essas certidões podem ser solicitadas no cartório de Registro de Imóveis em Curimatá – PI.

Uma delas, é a Certidão de Ônus Reais, que tem a finalidade de descobrir se o imóvel tem alguma restrição em relação a venda ou se pode ser negociado. Também é importante pedir documentos que comprovem que o imóvel teve todos seus impostos pagos e não possui nenhuma dívida pendente.

Outra certidão que você deve pedir é a Certidão Vintenária. Ela é responsável por conter o histórico da propriedade dos últimos vinte anos.

Cartórios Disponíveis na Cidade

Saiba onde encontrar um cartório de Registro de Imóveis aqui em Curimatá – PI:

  • Nome Fantasia: Cartório 1º Ofício Miraísa Albuquerque
  • Nome Oficial: 1º OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS E ANEXOS
  • Endereço: Av. Telésforo Guerra, 747
  • Bairro: Centro
  • CEP: 64960000
  • Telefone: (0xx89) 3574-1124
  • Fax:
  • Email: [email protected]
  • Site:
  • Horário de Funcionamento: De 2ª a 6ª feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h.
  • Nome do Titular: Miraísa Nogueira de Albuquerque
  • Nome do Substituto: Heli de Araújo Brito
  • Nome do Juiz:
  • Abrangência: Município de Curimatá.
  • Atividades: Nascimentos, Casamentos, Óbitos, Notas, Protesto de Títulos, Registro de Imóveis, Registro de Títulos e Documentos, Registro Civil de Pessoas Jurídicas

Como fazer o Registro de Imóveis – Passo a Passo

Veja agora abaixo um passa a passo com tudo o que você precisa para realizar o seu Registro de Imóvel aqui na cidade de Curimatá – PI:

Publicidade:
  1. Procure o Cartório de Notas para a lavratura da Escritura.
  2. Para a Escritura você precisará dos seguintes documentos: cópia do contrato de Compra e Venda assinado, os documentos pessoais do comprador (RG, CPF, Certidão de casamento, etc.), e as certidões do vendedor.
  3. O Cartório de Notas confecciona a minuta da Escritura e manda para a validação com o comprador e vendedor.
  4. O comprador deve pagar todas as taxas e impostos referentes ao processo: Funrejus, ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) e os custos do cartório.
  5. O cartório vai lavrar a Escritura e coletar as assinaturas de ambas partes, após entregar o traslado da Escritura para o comprador.
  6. O comprador deve ir ao cartório de Registro de Imóveis em Curimatá – PI em posse do traslado da escritura, e as guias do Funrejus e do ITBI, para fazer o Registro na Matrícula do imóvel.
  7. O cartório de Registro de Imóveis tem um prazo de até 30 dias para registrar a Escritura.
  8. O cartório de Registro de Imóveis deve entregar ao comprador uma matrícula atualizada do imóvel, confirmando o Registro do imóvel no nome do comprador.

Publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *